Unidos do Jacarezinho

De WikiRio
Ir para: navegação, pesquisa

Jacarezinho

O Grêmio Recreativo Escola de Samba Unidos do Jacarezinho é uma escola de samba da cidade do Rio de Janeiro, sediada na avenida Dom Helder Camara, que nasceu da fusão de três agremiações: Unidos do Morro Azul, de cores azul e rosa, fundada a 28 de Março de 1946 por Dona Andressa Moreira da Silva, líder comunitária e uma das primeiras mulheres a assumir a presidência de uma escola de samba; Unidos do Jacaré, de cores verde e rosa; e pelo bloco carnavalesco Não Tem Mosquito, de cores vermelho e branco.

Ficha Técnica

Unidos do Jacarezinho
Escola Madrinha Estação Primeira de Mangueira
Carnaval 2020
Presidente Ignácio Júnior
Carnavalesco Flávio Lins
Intérprete Aílton Santos
Direção de Carnaval Wanderson Sodré
Direção de Harmonia Ronaldo e Wallace
Mestre de Bateria Marquinhos Rato
Rainha de Bateria Larissa Miguel
Mestre-Sala e Porta-Bandeira Serginho Sorriso e Caroline Santos
Comissão de Frente Renata Mounier

Índice

História

Em seu primeiro ano como escola de samba, a Unidos do Jacarezinho conquista o título do Grupo 3 com o enredo "Exaltação a Frei Caneca" no ano de 1967. Em 1970, a escola já se apresentava no Grupo principal das escolas de samba do Rio de Janeiro com o enredo O fabuloso mundo do Circo conquistando a penúltima colocação, voltando ao grupo 2. Voltaria em 1973, a desfilar entre as grandes com o enredo Ameno Resedá, porém mais uma vez foi rebaixada.

No final da década de 70, a escola foi sucessivamente rebaixada, chegando a desfilar no último grupo das escolas de samba (Grupo 2-B). Com duas ascensões consecutivos, em 1981 e em 1982, esta última alcançando o campeonato com o enredo sobre Geraldo Pereira, a escola voltou à segunda divisão do carnaval carioca.

A volta à elite, entretanto, foi conquistada no ano de 1986, com o título do Grupo 1-B, (equivalente hoje ao grupo A), com o enredo "Candeia, luz de inspiração", do carnavalesco Flávio Tavares, retornando ao Grupo Especial.

No ano de 1987, a Unidos do Jacarezinho abriu o desfile de domingo com o enredo Lupicínio Rodrigues, dor de cotovelo, também do carnavalesco Flávio Tavares, mas a escola não se faz feliz e retornou ao Grupo 1-B.

No ano seguinte a escola conseguiu subir novamente, com um enredo infantil, e em 1989, desfilou no Grupo Especial com o enredo Mitologia, Astrologia e Horóscopo, uma Benção para o carnaval brasileiro, de Lucas Pinto.

Mais uma vez não conseguiu permanecer no Grupo Especial. Depois disso a escola nunca mais voltou ao Grupo Especial. Em 1992, teve destaque no Grupo 1, quando apresentou um enredo em homenagem a Maria Clara Machado.

Depois desse desfile, oscilou entre os grupos A e B, até que, em 2005, quando homenageou o compositor Monarco, a escola caiu para o Grupo C, que desfila na Intendente Magalhães.

Em 2008, com a reedição de 1992 (A visita do Jacarezinho ao reino encantado de Maria Clara Machado), conseguiu ser a campeã do grupo de acesso C, com nota dez em todos os quesitos, e voltou a desfilar no Sambódromo, depois de uma ausência de três carnavais.

No seu retorno ao Grupo de acesso B, a rosa e branco trouxe como carnavalesco o ex-rei momo Alex de Oliveira, que com o enredo Ora, pois, pois... Tem paticumbum à vista!, em homenagens aos portugueses no samba carioca. A escola, apesar do bom desfile, ficou em 3°lugar na classificação geral com 239.6 pontos, permanecendo no mesmo grupo em 2010.

Para 2010, entretanto, o Jacarezinho voltou a fazer um desfile irregular. O enredo sobre a internet no carnaval, denominado Jacarezinho.com.br. levou a escola novamente à Intendente Magalhães, ao se classificar na 10º colocação, sendo rebaixada para o Grupo Rio de Janeiro 2, em 2011. Com uma homenagem ao baluarte da Mangueira, Nelson Sargento, a escola foi campeã na Intendente Magalhães, no ano seguinte.

No seu retorno, a Sapucaí, a agremiação preparou uma homenagem a outro ícone da sua madrinha (Mangueira), o falecido intérprete Jamelão. Naquele ano, com a fusão dos grupos A e B na nova Série A, o Jacarezinho obteve duas promoções de uma só vez. A homenagem a Jamelão, no entanto, não foi bem recebida por parentes, e Jamelão Neto não autorizou o uso da imagem de seu avô, afirmando que processaria a agremiação. Com um samba fraco, a escola novamente foi rebaixada à AESCRJ.

No ano seguinte em seu retorno a Intendente terminou na 8º colocação. depois disso houve um pleito aonde foi reeleito novamente Zé Roberto para mais um mandato a frente da agremiação. mais com várias trocas de presidentes, a agremiação sofreu mais um rebaixamento, dessa vez para a Série C 2019.

Segmentos

Presidência

Mandato Presidente
1967-1973 Ney Gonçalves
1974-1975 Mauro José Rocha
1976-1977 José Thomaz da Conceição
1978-1980 Egberto Kemper
1981-1984 José Thomaz da Conceição
1985-1989 Jorge do Couto Reis
1990-1994 Kojak
1995-2003 Zé Roberto
2004-2007 Laerte Gomes de Carvalho
2008 Reginaldo Valadão
2009-2015 Zé Roberto
2015-2017 Barbeirinho
2017-2018 Rumba Gabriel
2018-atualmente Ignácio Júnior

Corte da bateria

Rainhas de bateria

2006-2013 Flávia Motta
2014-2016 Thalita Cristina
2017-atualmente Larissa Miguel

Madrinhas de bateria

2011 Susan Marriane Suhet
2012 Sanne Belussi
2013 Gracyanne Barbosa
2014-2016 Larissa Miguel

Carnavais

Ano Col Divisão Enredo Carnavalesco
Intérprete
1967 Grupo 3 Exaltação a Frei Caneca Ney Gonçalves
Sarabanda
1968 10º Grupo 2 Exaltação à cultura nacional Ney Gonçalves
Sarabanda
1969 Grupo 2 Vila-Rica do Pilar Ney Gonçalves
Sarabanda
1970 Grupo 1 O fabuloso mundo do circo Mário Barcelos
Júlio Mattos
Sarabanda
1971 Grupo 2 Bahia de ontem, de hoje e de sempre Mário Barcelos
Júlio Mattos
Gina
1972 Grupo 2 Banzo-Ayê Mário Barcelos
Júlio Mattos
Gina
1973 10º Grupo 1 Ameno Resedá Mário Barcelos
Paco
Ivete Garcia
1974 10º Grupo 2 Dú-dú Calunga, a maravilhosa arte negra Mário Barcelos
Júlio Mattos
Ivete Garcia
1975 12º Grupo 2 Catarina Mina Mário Barcelos
Júlio Mattos
Rode do Jacarezinho
1976 Grupo 2 Canudos, História de sua gente Jesué Silva
Moryd Baimaceda
Thompson
1977 Grupo 2 A glória dos Quilombos Jesué Silva
Moryd Baimaceda
Thompson
1978 10º Grupo 2 Todas as rosas do meu Rio Jesué Silva
Moryd Baimaceda
Rode do Jacarezinho
1979 Grupo 2A Sai azar, pé de pato, mangalô três vezes Jesué Silva
Moryd Baimaceda
Rode do Jacarezinho
1980 Grupo 2A E o morro desce Jesué Silva
Moryd Baimaceda
Rode do Jacarezinho
1981 Grupo 2B Paulo da Portela, majestade do samba Jesué Silva
Moryd Baimaceda
Rode do Jacarezinho
1982 Grupo 2A Geraldo Pereira, eterna glória do samba Jesué Silva
Moryd Baimaceda
Eliezer Rodrigues
1983 Grupo 1B Quente como o inferno, negro como a noite, doce como o amor Jesué Silva
Moryd Baimaceda
Batista do Jacarezinho
1984 10º Grupo 1B Ziguezagueando, no Zum Zum da fantasia Jesué Silva
Moryd Baimaceda
Batista do Jacarezinho
1985 Grupo 1B Do batuque à Apoteose, o samba pede passagem Jesué Silva
Moryd Baimaceda
Eliezer Rodrigues
1986 Grupo 1B Candeia, Luz da inspiração Flávio Tavares
Mauro da Bacia
1987 11º Grupo 1 Lupicínio Rodrigues, a dor-de-cotovelo Flávio Tavares
Batista do Jacarezinho
1988 Grupo 2 Parabéns pra você Lucas Pinto
Batista do Jacarezinho
1989 18º Grupo 1 Mitologia, Astrologia, Horóscopo, uma benção Lucas Pinto
Carlinhos de Pilares
1990 Grupo A Iuro-Pari - a voz da mata Oswaldo Jardim
Alexandre D'Mendes
1991 Grupo A Sou negro, sou raça, sou gente Reinaldo Valença
Chocolate
Eliezer Rodrigues
1992 Grupo A A visita do Jacarezinho ao reino encantado de Maria Clara Machado Carlos Feijó
Eduardo Gonçalves
Eliezer Rodrigues
1993 13º Grupo A Mangueira, beleza que a natureza criou Flávio Tavares
Eliezer Rodrigues
1994 Grupo A E agora... eu - ao vivo e a cores Reinaldo Valença
Carvalhaes
1995 10º Grupo A E o Jacarezinho descobriu Atlântida, a tela perdida Eduardo Gonçalves
Clóvis Pê
1996 Grupo B Vapt Vupt - 44 Anos de Cultura, Humor e Fantasia Comissão de Carnaval
Clóvis Pê
1997 Grupo B Sonhando com a infância. Oh, como é doce ser criança Comissão de Carnaval
Clóvis Pê
1998 Grupo B Jacarezinho é.... Etnias na Sapucaí Comissão de Carnaval
Eliezer Rodrigues
1999 Grupo A Jacarezinho canta e se encanta com os mistérios do senhor da luz Cláudio Jesus
Everton Domingos
Joelson
2000 10º Grupo A Do Barão à fundação - 100 anos a serviço da nação Cláudio Jesus
Everton Domingos
Joelson
2001 Grupo B Maracanã, 50 anos de emoções Cláudio Jesus
Everton Domingos
Joelson
2002 Grupo B Jacarezinho e Daniel Azulay brincando nos 25 anos da Turma do Lambe-Lambe Cláudio Jesus
Everton Domingos
Joelson
2003 Grupo B Jacarezinho roda, roda, roda e avisa: Que saudades do Velho Guerreiro - Chacrinha Eduardo Gonçalves
Joelson
2004 Grupo B Unisuam no mundo Jacaré, coruja é rei Eduardo Minucci
Eliezer Rodrigues
2005 10º Grupo B Monarco, voz e memória do samba, um passado de glória Eduardo Minucci
Eliezer Rodrigues
2006 Grupo C Jacarezinho Guerreiro mostra que a África é aqui! Laerte Gulini
Ailton Santos
2007 Grupo C Taí... Jacarezinho de turbante traz a herança da pequena notável fascinante Laerte Gulini
Leonardo Soares
Silvio Fernandes
Ailton Santos
2008 Grupo C A visita do Jacarezinho ao reino encantado de Maria Clara Machado Eduardo Gonçalves
Gebran Smera
'Ailton Santos"
2009 Grupo Rio de Janeiro 1 Ora, pois, pois... Tem paticumbum à vista! Alex de Oliveira
Ailton Santos
2010 10º Grupo Rio de Janeiro 1 Jacarezinho.com.br Alex de Oliveira
Ailton Santos
2011 Grupo C Encantados Eduardo Gonçalves
Ailton Santos
2012 Grupo C O samba agoniza mas não morre. Nelson Sargento da Mangueira e também do Jacaré! Eduardo Gonçalves
Ailton Santos
2013 18º Série A Puxador, não. Intérprete! Marcus Ferreira
Ailton Santos
2014 Grupo B Africanidades Gebran Smera
Ailton Santos
2015 Série B Pirilampos - Uma lenda Curumim Eduardo Gonçalves
Ailton Santos
2016 Série B Aha! Uhu! É festa do Jacarezinho: 50 anos de cultura, arte e alegria de uma comunidade Eduardo Gonçalves
Ailton Santos
2017 Série B O dia em que o jacaré comeu a noite Eduardo Gonçalves
Ailton Santos
2018 12º Série B O cântico do poeta pelo amor de Euzêbia Eduardo Gonçalves
Ailton Santos
2019 Série C Nzungu - Quilombo negro de resistência: Vamos fazer barulho de Preto na avenida! Eduardo Gonçalves
Ailton Santos
2020 Grupo Especial da Intendente Magalhães Do professor ao sucessor. Brilha o passado e o presente Azul e Branco Flávio Lins
Ailton Santos


Endereço

Localização Avenida Dom Helder Câmara, 2233, Jacarezinho (Rio de Janeiro)
Telefone (21) 3886-4384
Website http://www.unidosdojacarezinho.com.br
Eventos Informação não fornecida pela escola de samba



ESCOLAS DE SAMBA e BLOCOS DE ENREDO 2020
(Desfile das Escolas de SambaResultadosDesfile das Escolas Mirins e Blocos)
CAMPEÃS
Primeira DivisãoSegunda DivisãoTerceira DivisãoQuarta DivisãoQuinta DivisãoSexta DivisãoBlocos de Enredo
DISCOGRAFIA
Primeira DivisãoSegunda DivisãoTerceira DivisãoQuarta DivisãoQuinta DivisãoSexta Divisão
Grupo Especial
EstácioViradouroMangueiraParaíso do TuiutiGrande RioUnião da IlhaPortela
São ClementeVila IsabelSalgueiroUnidos da TijucaMocidadeBeija-Flor
Série A
Vigário GeralRocinhaUnidos da PontePorto da PedraCubangoRenascerImpério Serrano
SossegoInocentesUnidos de BanguSanta CruzImperatrizUnidos de Padre MiguelImpério da Tijuca
Grupo Especial da Intendente Magalhães
Independentes de OlariaPassa RéguaArrancoVilla RicaSerenoDifícil é o NomeVila Santa TerezaJacarezinhoBotafogo Samba ClubeVila KennedyFlor da MinaUnião de JacarepaguáVizinha Faladeira
Jardim BanguArameTradiçãoAcariUnião de MaricáCuricicaEm Cima da HoraSiri de RamosEngenho da RainhaLins ImperialUnidos de LucasImpério da UvaAlegria da Zona Sul
Grupo de Acesso da Intendente Magalhães
Imperadores Rubro-NegrosCosmosIndependente da Praça da BandeiraLeão de Nova IguaçuDiversidadeRosa de OuroAboliçãoMocidade de Vicente de CarvalhoManguinhosImpério RicardenseCabuçu
Grupo de Avaliação

União de Vaz LoboFeitiço_do_RioUnidos da Barra da TijucaJacarepaguáCabralFlor do Jardim PrimaveraImpério de PetrópolisPeixe VagabundoGuerreiros TricoloresArrastão de Cascadura
Santa MartaMocidade UnidaAlegria do VilarChatubaDendêUnião CruzmaltinaCoroa ImperialNovo ImpérioA Majestade do SambaRio Minas

Grupo A
Cometas do BispoBarrigaNovo HorizonteImpério do GramachoMocidade da MineiraBloco do ChinaGrilo de BanguAlto da Boa VistaVidigalUnião da PonteFlor da Primavera
Grupo B
ManguaribaVai Barrar? Nunca!Oba-Oba do RecreioEsperança de Nova CampinaLaureanoCanáriosTradição BarreirenseRaízes da Tijuca
Grupo C
Unidos do KaratêZimbauêNova AméricaRenascer de Vaz Lobo
Escolas Mirins
Ainda Existem CriançasAprendizesCorações UnidosEstrelinhaFilhos da ÁguiaGolfinhosHerdeirosImpério do Futuro
InfantesInocentes da CaprichososMangueira do AmanhãMiúda da CabuçuNova GeraçãoPetizes da PenhaPimpolhosTijuquinha_do_Borel
Entidades carnavalescas extintas ou suspensas
Acadêmicos da Barra da TijucaAcadêmicos de MadureiraAmizade da Água BrancaAnilArrastão de São JoãoBoêmios de InhaúmaBoi da IlhaCachambiCampinhoCampinho ImperialCaprichosos
Campo GrandeChora na RampaColibriCombinado do AmorCordovilCoroadoDelírioEmbaloFalcão DouradoFoliões de BotafogoGato
GuaratibaGuerreirosImperialJardim PrimaveraMagnatasMarangáMatriz de São JoãoMensageirosMocidade de InhaúmaNação Insulana
Parada AngélicaParaíso da AlvoradaPraça SecaPiabetáQueimadosRocha MirandaSacramentoRoda Quem PodeTrês CoraçõesTigre_de_BonsucessoTubiacanga
Tupy de Brás de PinaUnidos das VargensUnidos do SalgueiroUraitiValéria