APA das Brisas

De WikiRio
Ver também:Mutirão de Limpeza na APA das Brisas,Pedra de Guaratiba, Praia da Brisa,Ponta Grossa
Vista da Ponta Grossa para a APA das Brisas
Foto aérea tirada da Serra da Capoeira Grande
Trilha das brisas. Trilha baixa tipíca de restinga

A APA das Brisas

A área de Proteção Ambiental das Brisas foi criada em 1992 pela lei 1.918 , com o objetivo de proteger os ecossistemas de mangues e restinga como testemunha da paisagem existente no litoral da Baía de Sepetiba.

Valor Histórico

Apresenta relevante valor histórico e arqueológico, pois aqui se encontram a Sede da Antiga Fazenda Caieira, indícios de Sambaquis - antigos depósitos formados por conchas, utensílios de cozinha e esqueletos amontoados por populações que habitavam o litoral em época pré- histórica, além de um dos marcos da Fazenda Real de Santa Cruz.

Fauna e Flora

A flora de restinga de desenvolve sobre dunas para sua fixação e faixas de areia sob influência marinha. A APA das Brisas é uma das últimas áreas de restinga preservada do Município e abrange vários habitats: praia, restinga paludosa, vegetação de restinga e mata atlântica. Próximo à antiga sede da Fazenda ocorre um trecho de mata bastante preservado, com arvores de grande porte. Nela são encontrados figueiras, ingás, canelas, camboatás, embiruçus, muitas bromélias e trepadeiras. E ainda vários animais com mãos pelada, cachorros-do-mato, preás, gambás, morcegos, corujas-buraqueiras, patos-do-mato, patos-de-crista, irerês. Nesta área pode ser encontrado o falcão peregrino, o Guará -vermelho, maçarico de coleira, Batuíra. Aves migratórias da América do Norte que se refúgia nessa região.

  • Localidade: Um excelente lugar para admirar o Pôr do Sol é na Pedra da Tartaruga , mostrada na primeira imagem com a Serra do Mar de fundo.
  • Acesso: O acesso pode ser feito pela Praia da Brisa na altura da Rua Flor do Sertão com Rua Damolândia, Ou pela Ponta Grossa (Paredão) na altura da Rua Maestro Deozílio.