FORA "GOVERNADOR" WITZEL. FORA "PREFEITO" MARCELO CRIVELLA!
Precisamos de mudança no Rio de Janeiro! Precisamos de políticos sérios!

Instagram, Facebook e Twitter, usem a hashtag #foracrivella #forawitzel

Museu Nacional de Belas Artes

De WikiRio
Ir para: navegação, pesquisa
Museu Nacional de Belas Artes

História

Criado no dia 13 de janeiro de 1937, pela lei nº 378, o Museu Nacional de Belas Artes (MNBA) foi inaugurado no dia 19 de agosto do ano seguinte, com a presença do então presidente Getúlio Vargas. O museu é dedicado à aquisição, conservação, pesquisa e divulgação de obras de arte que evidenciem a evolução da produção artística brasileira e estrangeira. Ele está instalado no prédio da Escola Nacional de Belas Artes, na Avenida Rio Branco, no centro do Rio. O autor do projeto foi o arquiteto espanhol Adolfo Morales de los Rios, que tomou como modelo o Museu do Louvre, em Paris. A fachada principal é inspirada na Renascença francesa, com frontões, colunatas e relevos em terracota, representando as grandes civilizações da antiguidade. Hoje, o Museu Nacional de Belas Artes é o mais importante em arte brasileira do século XIX, um dos museus mais renomados internacionalmente e um dos maiores do gênero na América do Sul, com mais de 16 mil peças em seu acervo. Ele possui mais de 6 mil m² de exposição e mais de mil m² de reserva técnica. Conta também com um Departamento de Conservação e Restauração dotado de laboratórios para tratar de pinturas e de papel. Disponibiliza vários projetos educacionais voltados ao público em geral com o objetivo de divulgar e promover o entendimento do patrimônio cultural brasileiro. Aberto de terça-feira a domingo, o MNBA disponibiliza visitas guiadas e palestras e eventos sobre arte.

Acervo

O acervo do Museu Nacional de Belas Artes contém as obras trazidas por Dom João VI ao Brasil e mais uma grande quantidade de peças que foram incorporadas ao longo do século XIX e início do XX. São mais de 16 mil peças que incluem pinturas, esculturas, desenhos e gravuras de artistas nacionais e estrangeiros, além de uma coleção de arte decorativa, mobiliário, arte popular e arte africana. O MNBA possui a maior e mais importante coleção de arte brasileira do século XIX. Através de suas galerias e corredores, o visitante pode ter um panorama completa da história das artes plásticas no Brasil, desde seu início. Enriquecida ao longo dos anos com importantes aquisições e doações, atualmente sua coleção abarca pintura, escultura, desenho, gravura de artistas nacionais e estrangeiros, além de significativa coleção de arte popular brasileira, africana, decorativa, medalhas e mobiliário. Do conjunto de obras, 80% é constituído por obras sobre papel. Estão no museu as obras premiadas nas Exposições Gerais de Belas Artes, promovidas pela Academia Imperial, e no Salão Nacional de Belas Artes, realizado pela Escola. Não menos significativo foi o mecenato realizado por ilustres personagens, como os Barões de São Joaquim, Luís Resende, Guilherme Guinle, entre muitos outros que doaram coleções completas de artistas notáveis.


Museu Nacional de Belas Artes

Website [] Facebook Museu Nacional de Belas Artes

Localização Avenida Rio Branco, 199, Centro (Rio de Janeiro)
Telefone