Projeto Favela Painting

De WikiRio
Ir para: navegação, pesquisa

Projeto Favela Painting

O projeto

Projeto Rio Cruzeiro.
Esboço do projeto na favela Santa Marta.

Em 2006, a dupla de artistas holandês Haas e Hahn concebeu a idéia de criar arte através de intervenções em comunidades no Brasil. Seus esforços resultaram em dois murais que foram pintados na Vila Cruzeiro, favela mais famosa do Rio de Janeiro, em colaboração com a juventude local. Os trabalhos atraíram a atenção da mídia internacional e tornaram-se motivo de orgulho para a comunidade.

Projetos

Menino com pipa

A primeira pintura, de 2007, foi um mural de 150 metros quadrados de um menino empinando uma pipa, o principal passatempo das crianças das favelas cariocas.

A pintura, que tomou três meses de trabalhos, foi executada em conjunto com a juventude local, que foi atraída pelo programa Soldados Nunca Mais da fundação Ibiss.

Rio Cruzeiro

A segunda grande pintura na Vila Cruzeiro, concluída em 2008, situava-se numa enorme estrutura de concreto construída para conter deslizamentos de terra em períodos de chuva. Os jovens da comunidade ajudaram no projeto, sendo remunerados por isso. A pintura, uma arte tradicional japonesa, foi concebida pelo mestre tatuador Rob Admiraal.

Praça do Cantão

A pintura de raios coloridos foi executada ao redor das casas da praça e parte da rua, incluindo a escola de samba local. A idéia era fazer uma arte gráfica que futuramente poderia ser expandida para o restante da Favela Santa Marta. Um grupo de moradores recebeu treinamento do fabricante de tintas Coral como parte do projeto "Tudo de Cor para Santa Marta". O resultado foi uma obra de arte de 7000 metros quadrados que abrange mais de 34 casas, tornando-se uma das maiores atrações da favela.

Mai informações

Foto panorâmica do projeto

<mediaplayer>http://www.youtube.com/watch?v=QRell3rXACM</mediaplayer> Projeto Rio Cruzeiro.