Bonde de Santa Teresa

De WikiRio
Ir para: navegação, pesquisa

COMO CHEGAR | TRAJETOS | HORÁRIOS | PASSAGENS | ITINERÁRIO | ATRAÇÕES TURÍSTICAS | SEGURANÇA

Ver também: Bairro de Santa Teresa e Terminal dos Bondes de Santa Teresa
AVISO: OS SERVIÇOS DO BONDE ENCONTRAM-SE SUSPENSOS E DEVEM SER NORMALIZADOS NO SEGUNDO SEMESTRE DE 2015 (informação de Fevereiro de 2015)

Um grave acidente em setembro de 2011 causou a interrupção do serviço. Não há data definida para a volta de circulação dos bondes.

O bonde

Bondinho em frente ao Restaurante Sobrenatural.

O bondinho que sobe e desce as ladeiras de Santa Teresa é a principal atração do lugar. Estes charmosos veículos surgiram em 1872 e originalmente eram verdes, porém foram pintados de amarelo após reclamações de moradores que diziam que o bonde "sumia" em meio à vegetação do bairro.


Movidos por tração animal e posteriormente por eletricidade, desde 1896 ele sai ao lado dos Arcos da Lapa, um antigo aqueduto hoje desativado, e é a melhor e mais divertida maneira de se conhecer o bairro. Remanescentes de uma época romântica e tombados como patrimônio histórico, são os únicos bondes que ainda circulam no país.


Através do condutor do bonde, ouvem-se pitorescas e curiosas histórias. Lá fora se vêem centros culturais, antigas chácaras, castelos, largos, restaurantes, ateliês e lojas de artesanato. Além das deslumbrantes paisagens ao redor, avista-se no alto o Cristo Redentor, abençoando a Cidade Maravilhosa. Os bondes sempre dão uma paradinha para que os passageiros conheçam o Museu do Bonde, que conta tudo sobre os veículos, exibindo algumas de suas réplicas antigas – uma verdadeiras relíquias preservadas no tempo.

Duas linhas circulam por Santa Teresa, Paula Matos e Dois Irmãos, que partem a cada de 15 minutos. Existem ainda dois passeios com guias, realizados aos sábados: o Passeio Histórico, com saída às 10:00h e que dura cerca de uma hora percorrendo todo o roteiro cultural, e o Ecológico, com saída ao meio-dia, que oferece uma viagem mais longa, com duas horas de duração e um roteiro que inclui uma trilha pela mata.


O bonde segue pelo bairro e passa em lugares muito interessantes, como por exemplo, o Largo dos Guimarães e Largo das Neves.

—André Sampaio

Segurança

O bondinho sempre foi um transporte relativamente seguro, e os maiores incidentes estavam relacionados a pequenas batidas com automóveis que dividem o espaço com o bonde. Em setembro de 2011, porém, um grave acidente (ver abaixo) interrompeu o serviço, que ainda não tem data para retornar. Furtos no bondinho também eram incomuns.

Acidente com o bondinho

Em setembro de 2011, o tombamento do bondinho de Santa Teresa matou 6 pessoas e deixou 50 feridos. O acidente ocorreu nas proximidades da Rua Joaquim Murtinho, em direção aos Arcos da Lapa. Sua circulação foi suspensa e em seu lugar foram criados dois serviços eventuais de transporte coletivo por miniônibus, que terão capacidade para 35 passageiros e custarão R$ 0,60. As linhas são:

  • Se006 (Silvestre X Castelo)
  • Se014 (Paula Matos X Castelo)


Informações

  • Horário de funcionamento
    • estação - Diariamente, das 7:00h às 21:30h com saídas a cada meia hora.
    • Preço - R$ 0,60. (Preço atualizado em agosto/2011)

Atrações do percurso do bonde

Onde fica

Como Chegar

Mapa

Carregando mapa...

Transporte na cidade do Rio de Janeiro

Transporte público

Metrô - TáxiÔnibus convencionalBRT - Ônibus FrescãoBarcas - Bonde - Ônibus interestadual - Trem - Avião - Navio - VLT - Outros

Aeroportos

Aeroporto Internacional Antonio Carlos Jobim - Aeroporto Santos Dumont

Terminais , Rodoviárias e Estações

Rodoviária Novo Rio - Terminal Alvorada - Terminal Menezes Cortes - Estação Central do Brasil

Outros

Cruzeiros marítmos - Tour de helicóptero