Cidade do Samba Joãozinho Trinta

De WikiRio
(Redirecionado de Cidade do Samba)
Ir para: navegação, pesquisa


A Cidade do Samba , como é popularmente conhecida a “Cidade do Samba Joãozinho Trinta”, é um projeto inovador que funcionar a um só tempo tanto como sede da indústria do carnaval carioca quanto como um atrativoc turístico. Ela está localizada na rua Rivadávia Correa nº 60, bairro carioca da Gamboa, Zona Portuária do Rio de Janeiro. O acesso ao local é fácil e feito pela Av. Rodrigues Alves, fica em frente ao Armazém 11 do Cais do Porto, a cinco minutos do Píer Mauá e da Rodoviária Novo Rio.

Fábrica do Carnaval

A Cidade do Samba foi construída pela Prefeitura e começou a ser usada em 2005, sendo um verdadeiro marco histórico para todos que trabalham no Carnaval carioca. Todas as atividades relacionadas à produção do carnaval, antes dispersas em vários pontos da cidade, foram concentradas em um único local, o que aumenta a sua atratividade turística. No projeto arquitetônico elaborado por Vitor Wanderley e João Uchôa, houve preocupação de integração visual com paisagem local composta de armazéns do cais do porto e barracões das antigas oficinas de trem. O projeto revitaliza a área portuária e valoriza a arquitetura inglesa do início do século XIX existente na região. Além disso, os barracões são dotados de passarelas externas que permitem aos visitantes apreciar o trabalho dos operários do samba. Ao todo são 14 barracões e cada unidade é ocupada por um Grêmio Recreativo Escola de Samba. Encontram-se lá os seguintes GRES: Renascer de Jacarepaguá, União da Ilha, Portela, Grande Rio, Vila Isabel, Porto da Pedra, Salgueiro, São Clemente, Mocidade, Beija-flor, Unidos da Tijuca, Mangueira e Imperatriz. Nos barracões da Cidade do samba são confeccionadas as fantasias e adereços, e os próprios carros alegóricos, que são montados no primeiro piso. A capacidade é para a montagem de até 12 carros alegóricos, com pé direito de 12 metros. Há estrutura compartimentada para a realização dos serviços de serralheria, carpintaria, vidraçaria e borracheiro. Ainda no primeiro piso há loja de souvenir para que o visitante possa levar uma recordação típica. O segundo piso abriga refeitório e vestiários para fluxo diário de até 150 pessoas, habilitando-o a receber todos os que trabalham no local. Já o terceiro pavimento é reservado para as salas administrativas, salas de criação, de arte, sala de reunião, sala de direção de carnaval, guarda de fantasias, e salas de direção e da presidência da escola.No quarto piso trabalha-se a montagem de adereços, esculturas de isopor, almoxarifado, com empastelamento, pintura e resina em ambientes separados. A Cidade do Samba tem também 21 oficinas ligadas à indústria do carnaval que proporcionam aos jovens um ensino profissionalizante na área. Diariamente, por volta de 160 aprendizes – a maior parte deles de comunidades de baixa renda- recebem aulas nas seguintes oficinas : Escultura (em isopor, espuma, gesso e resina), Adereços, Chapelaria, Acessórios, Hospitalidade (Turismo), Informática, Cabeleireiro, Maquiagem, Bordados, Corte e Costura, Modelagem, Cartonagem , Estamparia, Figurinos, Decoração e Inglês, entre outras. Os produtos criados pelos aprendizes são vendidos em estandes, instalado no próprio barracão, e a renda é revertida aos autores e também destinada à manutenção do Projeto


Turismo

A Cidade do Samba foi idealizada não apenas como fábrica de carnaval, mas também para ser um polo turístico capaz de expandir a vinda de turistas interessados no mundialmente famoso carnaval do Rio. Assim, o fluxo de turismo de carnaval, extremamente sazonal, passa a ser melhor distribuído ao longo do ano. A cidade do samba é também um espaço de arte popular e de entretenimento. Lá, o visitante presencia parte das emoções do Carnaval do Rio de Janeiro. Caminhando pelas passarelas externas que contornam todos os barracões, é possível observar o trabalho realizado dentro dos galpões.

Incêndio e reabertura

Em fevereiro de 2011,o local sofreu com um grande incêndio que destruiu alguns barracões a pouco menos de 30 dias do carnaval. O episódio acabou servindo para demonstrar uma grande senso de solidariedade entre as escolas que mutuamente se auxiliaram para fazer o desfile de carnaval. Em função das obras de reforma, a visitação diária foi temporariamente suspensa, mas o espaço foi recuperado e reinaugurado em novembro de 2011.

Barracões em 2018

Barracão Escola
1 Império Serrano
2 União da Ilha
3 Paraíso do Tuiuti
4 Grande Rio
5 Vila Isabel
6 Portela
7 LIESA
8 Salgueiro
9 São Clemente
10 Mocidade
11 Beija-Flor
12 Unidos da Tijuca
13 Mangueira
14 Imperatriz

Onde fica

R. Rivadávia Correia, 60 - Gamboa - Rio de Janeiro

Carregando mapa...

O que fazer no local

Durante todo o ano o espaço pode ser visitado e funciona como um parque temático, onde o visitante pode saber um pouco mais sobre o grande espetáculo do carnaval. Ali também acontecem programações musicais e outros eventos.

O que fazer nas proximidades

Comer e beber

  • Praça de alimentação -
  • Botequim da Cidade do Samba -

Onde se hospedar

Nas redondezas

Como chegar

Mais informações

  • Telefone: (21) 2213-2503
  • Site: www.cidadedosambarj.com.br